As Mulheres Sempre serão Flores em Qualquer Estação da Vida



As mulheres sempre serão flores em qualquer estação da vida!

Algumas são botões, outras estão começando a florescer.
Há aquelas que são promessas de cores esplêndidas e as que já não têm mais o viço do início da floração.
Há mulheres Margaridas, coloridas e leves.
Há as que são clássicas como as Rosas e as Palmas.
As mulheres despojadas são Flores do Campo.
As requintadas são Tulipas e as raras são Orquídeas.
As Flores-de-Maio, são resistentes, resilientes, rústicas, discretas. Dizem até que dão frutos. O que sei é que quanto mais se dividem, mais se multiplicam e florescem no outono.
Este Blog é de todas elas, porque

As mulheres sempre serão Flores em qualquer estação da vida!

Em tempo: os homens tambem são muito bem vindos!

Flor de Maio


Essas são as Mais Belas Flores desse Jardim!

As Mais Belas Flores do Meu Jardim

sábado, 31 de dezembro de 2011

Feliz 2012!!!


Estamos acostumados a desejar, pedir, sonhar quando se fala em Ano Novo. Eu também sou assim é claro, mas hoje gostaria de agradecer antes de desejar, antes de começar um ano de novo.
Agradeço todos os abraços que recebi, cada carinho e os muitos beijos que ganhei;

Agradeço pelas pessoas que conheci ao longo do ano de 2011 e que deixaram no meu coração suas assinaturas;

Agradeço por todos os antigos amigos que sempre me apoiaram nas horas críticas e curtiram comigo os momentos mais felizes;

Agradeço por ter uma família pequena no tamanho, mas imensa no amor;

Agradeço por minha saúde apesar de todos os excessos;

Agradeço por trabalhar com amor e por ter trabalho também;

Agradeço pelo carinho dos amigos que fiz aqui no Florescendo, as flores lindas que enfeitam o meu jardim, que são sempre tão presentes em minha vida;

Finalmente agradeço por estar aqui esperando o Ano Novo chegar!

Desejo a todos um Ano Novo realmente novo, com novas descobertas, vivências e aprendizados!

Um 2012 de muita Luz queridos!!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Petições de Natal Chico Xavier pelo Espírito de Maria Dolores


Feliz Natal a todos,
Obrigada pelas visitas e comentários carinhosos ao longo do ano
e principalmente pela companhia de voces!
Beijos :)

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Estou Ficando Velho, E Daí? - Roberto Trujillo


 
"Eu nunca trocaria meus amigos surpreendentes, minha vida maravilhosa, minha amada família por menos cabelo branco ou uma barriga mais lisa. 
Enquanto fui envelhecendo, tornei-me mais amável para mim, e menos crítico de mim mesmo. 
Eu me tornei meu próprio amigo.
Eu não me censuro por comer biscoito extra, ou por não fazer a minha cama, ou para a compra de algo bobo que eu não precisava, como uma escultura de cimento, mas que parece tão “avant garde” no meu pátio. 
Eu tenho direito de ser desarrumado, de ser extravagante.
Vi muitos amigos queridos deixarem este mundo cedo demais, antes de compreenderem a grande liberdade que vem com o envelhecimento. 
Quem vai me censurar se resolvo ficar lendo ou jogar no computador até as quatro horas e dormir até meio-dia? 
Eu Dançarei ao som daqueles sucessos maravilhosos dos anos 60 & 70 e, se eu, ao mesmo tempo,  sentir desejo de chorar por um amor perdido ...  Eu vou chorar.
Vou andar na praia em um short excessivamente esticado sobre um corpo decadente, e mergulhar nas ondas com abandono, se eu quiser, apesar dos olhares penalizados dos outros no jet set.
Eles, também, vão envelhecer.
Eu sei que eu sou às vezes esquecido.  Mas há mais algumas coisas na vida que devem ser esquecidas.
Eu me recordo das coisas importantes.
Claro, ao longo dos anos meu coração foi quebrado. 
Como não pode quebrar seu coração quando você perde um ente querido, ou quando uma criança sofre, ou mesmo quando algum amado animal de estimação é atropelado por um carro? 
Mas corações partidos são os que nos dão força, compreensão e compaixão.  Um coração que nunca sofreu é imaculado e estéril e nunca conhecerá a alegria de ser imperfeito.
Eu sou tão abençoado por ter vivido o suficiente para ter meus cabelos grisalhos, e ter os risos da juventude  gravados para sempre em sulcos profundos em meu rosto.
Muitos nunca riram, muitos morreram antes de seus cabelos virarem prata.
Conforme você envelhece, é mais fácil ser positivo. 
Você se preocupa menos com o que os outros pensam. 
Eu não me questiono mais.
Eu ganhei o direito de estar errado.
Assim, para responder sua pergunta, eu gosto de ficar velho. 
A velhice me libertou. 
Eu gosto da pessoa que me tornei. 
Eu não vou viver para sempre, mas enquanto eu ainda estou aqui, eu não vou perder tempo lamentando o que poderia ter sido, ou me preocupar com o que será. 
E eu vou comer sobremesa todos os dias (se me apetecer)."
Roberto Trujillo

Boa semana para todos!
Beijinhos :)

domingo, 20 de novembro de 2011

Minha Linda Flor de Março vai se Casar!



Tenho andado sumida, postando aos pouquinhos, eu sei...

Estou suspensa no ar, surpresa por estar notando somente agora que a vida passou voando e eu nem percebi o quanto vivi...

É incrível como somos surpreendidos pelas fases da vida. Elas desabrocham de repente e, aquela florzinha que ontem ameaçava ser botão, hoje enche de cor o nosso jardim.

Percebemos muito isso com nossos filhos. Não sei se vocês se lembram de um comercial de TV no qual mãe e filho conversavam, representando o dia-a-dia de uma família. Durante os diálogos, ora a mãe dizia para o filho que ele era muito criança para fazer determinada coisa, ora dizia que ele devia agir como um homenzinho pois afinal já não era mais uma criancinha. Lembram?

Pois é, como custamos a acreditar que o nosso botãozinho começou a desabrochar. E, às vezes, ele realmente ainda não é botão e tão pouco flor.

Mas quando a flor começa a ganhar forma... aí é assustador!

Lembro-me de como a adolescência de minha filha me surpreendeu. Tive a nítida impressão de que ela tinha ido dormir menininha e acordou quase mulher. Foi um susto!

Cheguei a achar que tinha perdido alguma parte do filme, mas não, o filme já estava no meio, eu é que devia estar ocupada comendo pipoca distraída e não percebi o tempo passar...

Como me cobrei naquela ocasião. Achei que podia ter vivenciado mais a sua fase gostosa da meninice, desfrutar mais de suas gracinhas, de seus aprendizados e esticar um pouquinho mais seu olhar suave e admirador em relação a mim... Fraquezas de mãe, quem não as tem?

E foi assim que sua adolescência chegou. Fase conturbada e corrida, onde adolescemos todos ao mesmo tempo na família. Aqui o filme com princesas e fadas é rapidamente substituído por algo como “Velocidade Máxima”. Meu Deus, como é cansativo! Transformar botão em flor, não é fácil não. Mas com certeza vale à pena!

E, finalmente, surge a flor mais linda do seu jardim. Aquela da qual você se orgulha e cuida com todo amor e carinho. Ela encanta borboletas, beija-flores e abelhinhas com seu perfume e suas cores deslumbrantes. Esse é o auge da sementinha que você plantou lá trás, no comecinho do seu jardim.

Mas, como a vida é movimento e transformação constante, a flor também passa por mudanças...

E foi isso que aconteceu com a minha florzinha. Um dia um jardineiro percebeu sua beleza e ela apreciou o seu cuidado e carinho. Apaixonados, ele nos pediu para levá-la para o seu jardim. O que fazer?

Era chegada a hora de ocupar um canteiro maior, só seu. Tempo de começar a construir seu próprio jardim. A nós restava apenas desejar sua felicidade e esperar por seus frutos.

Pois é, foi isso que me aconteceu.  Minha Flor de Março cresceu, virou mulher e se casa na Primavera do ano que vem.

Ainda estou suspensa no ar, sou Taurina e não ter os pés no chão ou não saber onde os colocar, assusta...

Estou muito feliz por eles, mas é impossível negar, já sinto saudades dela enfeitando o nosso jardim.

 Beijos e um bom Domingo para voces!

Você Acredita em Vida após o Nascimento?


No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebes conversando quando um perguntou ao outro:

- Você acredita em vida após o nascimento?

A resposta foi imediata:

- Certamente. Algo tem que haver após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

- Bobagem, não há vida após o nascimento! Como seria essa vida?

- Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.

- Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical é o que nos alimenta. Eu digo somente uma coisa: a vida após o nascimento é uma hipótese definitivamente excluída – o cordão umbilical é muito curto.

- Na verdade, creio que certamente haverá algo. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

- Mas ninguém veio de lá, ninguém voltou depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. Vida que, no fim das contas, é nada mais do que uma angústia prolongada nesta absoluta escuridão.

- Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas, com certeza, veremos mamãe e ela cuidará de nós.

- Mamãe? Você acredita em mamãe? E onde ela supostamente estaria?

- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria.

- Eu não acredito! Eu nunca vi mamãe alguma, o que comprova que mamãe não existe.

- Bem, mas, às vezes, quando estamos em silêncio, você pode ouvi-la cantando, ou sente como ela afaga nosso mundo. Sabe? Eu penso, então, que a vida real só nos espera e que, agora, apenas estamos nos preparando para ela.…

(Anônimo)

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Só o Amor não Sustenta a Relação -Artur da Távola


Aos que não casaram,
Aos que vão casar,
Aos que acabaram de casar,
Aos que pensam em se separar,
Aos que acabaram de se separar.
Aos que pensam em voltar…

Não existem vários tipos de amor, assim como não existem três tipos de saudades, quatro de ódio, seis espécies de inveja.
O AMOR É ÚNICO,
como qualquer sentimento, seja ele destinado a familiares, ao cônjuge ou a Deus.

A diferença é que, como entre marido e mulher não há laços de sangue,
A SEDUÇÃO
tem que ser ininterrupta…

Por não haver nenhuma garantia de durabilidade, qualquer alteração no tom de voz nos fragiliza, e de cobrança em cobrança, acabamos por sepultar uma relação que poderia
SER ETERNA

Casaram. Te amo pra lá, te amo pra cá. Lindo, mas insustentável. O sucesso de um casamento exige mais do que declarações românticas.
Entre duas pessoas que resolvem dividir o mesmo teto, tem que haver muito mais do que amor, e às vezes, nem necessita de um amor tão intenso. É preciso que haja, antes de mais nada,
RESPEITO.
Agressões zero.

Disposição para ouvir argumentos alheios. Alguma paciência… Amor só, não basta. Não pode haver competição. Nem comparações. Tem que ter jogo de cintura, para acatar regras que não foram previamente combinadas. Tem que haver
BOM HUMOR
para enfrentar imprevistos, acessos de carência, infantilidades.
Tem que saber levar.

Amar só é pouco.
Tem que haver inteligência. Um cérebro programado para enfrentar tensões pré-menstruais, rejeições, demissões inesperadas, contas para pagar.
Tem que ter disciplina para educar filhos, dar exemplo, não gritar.
Tem que ter um bom psiquiatra. Não adianta, apenas, amar.

Entre casais que se unem , visando à longevidade do matrimônio, tem que haver um pouco de silêncio, amigos de infância, vida própria, um tempo pra cada um.
Tem que haver confiança. Certa camaradagem, às vezes fingir que não viu, fazer de conta que não escutou. É preciso entender que união não significa, necessariamente, fusão.
E que amar “solamente”, não basta.

Entre homens e mulheres que acham que
O AMOR É SÓ POESIA,
tem que haver discernimento, pé no chão, racionalidade. Tem que saber que o amor pode ser bom pode durar para sempre, mas que sozinho não dá conta do recado.

O amor é grande, mas não são dois.
Tem que saber se aquele amor faz bem ou não, se não fizer bem, não é amor. É preciso convocar uma turma de sentimentos para amparar esse amor que carrega o ônus da onipotência.
O amor até pode nos bastar, mas ele próprio não se basta.

Um bom Amor aos que já têm!
Um bom encontro aos que procuram!
E felicidades a todos nós!

Texto de: Artur da Távola


segunda-feira, 31 de outubro de 2011

A Dança das Orquídeas



Recebi por e-mail da minha querida filha esta notícia abaixo. Como ela me conhece muito bem sabe que, mesmo sendo uma Flor de Maio, eu amo orquídeas!
Obrigada Flor do meu coração, Bjs :)



 Foto de Emílio Pedroso

"Antes do telhado de vidro coar os primeiros raios de sol, Airton Moacir Nedel, 54 anos, pega seu rádio de pilha e vai visitar a estufa de flores. Ele é o principal orquidófilo de São Paulo das Missões, cidade a 537 quilômetros de Porto Alegre, conhecida como Suíça gaúcha pela semelhança geográfica com o país europeu.
São 6h, a estação local toca Os Serranos. A acanhada população de 6,7 mil habitantes recém está se despedindo dos sonhos noturnos e Airton já mergulha as luvas no jardim particular de mais de mil orquídeas de 40 espécies. Ele não é um colecionador comum. Cultiva suas plantas ao som alto da música gauchesca. E diz que funciona, que elas se mostram mais viçosas e atraentes, com dobro de exuberância nos ornamentos.
A gaita de Borghetti, a voz do Gaúcho da Fronteira e a poesia dos missioneiros costumam polinizar o ambiente, formando o adubo perfeito para a floração das prendas.
O acervo que conserva com capricho durante duas décadas é, ao mesmo tempo, um recorte do Éden e um show gaudério.
– Tiro a flor para dançar chula. Preparo seu andar para exposição, que é o baile final – comenta.
Airton mudou desde que passou a tratar de orquídeas. Tabelião aposentado, casado há 31 anos com Elaine, era duro, de poucas palavras e vivia organizando festas típicas longe de casa. Hoje é caseiro, meigo, não se envergonha de chorar e de explicar seus sentimentos.
– A orquídea é uma terapia, é desembrulhar uma noiva todo dia, é casar toda manhã – derrama-se.
Segundo Airton, a orquídea gera uma atenção especial que valoriza seus donos. Como ela morre somente atacada ou abandonada, a durabilidade depende da dedicação.
– Pode ser imortal pelos nossos cuidados, entende nossa responsabilidade? Qualquer um se enxerga importante.
O passatempo fisgou seu interesse por truque da mãe, que mandou uma muda de LC. Remo Prada de presente para cada um dos cinco filhos.
– Se ela fez um teste de herança, estou rico. A minha é a única que se manteve viva – graceja.
A partir daquele momento, ele tomou gosto de cuidar. Cuidando de algo, cuidava de si.
– É a planta mais carente que existe. Sem carinho, ela murcha, desaparece. Duas semanas sem ninguém, a estufa é terra de cemitério, lugar de assombração.
De um hobby, onde dedicava menos de uma hora, converteu-se em obsessão, movido a um turno inteiro de vigília. Airton (ou, simplesmente, Alemão) assumiu a presidência do Polo dos Orquidófilos das Missões, representando também Santo Ângelo, Santa Rosa, Ijuí, Carazinho, Santiago e Ajuricaba, disseminou a cultura pela cidade com mostras anuais e formou uma liga local de vinte produtores.
– Mexo, fuço, inspeciono para prevenir o pior, em especial à cochonilha, pó branco que estraga as hastes. Não largo meu CTG.
Ele não protela nada, não adia a ternura. Tudo para não reprisar a tragédia que foi encontrar duzentas peças abatidas de uma única vez, pelo fungo Fusarium.
– Dói perder uma delas, porque não existe orquídea feia.
Airton é um romântico. Com cabelo escovinha e olhos claros, elabora surpreendentes teorias de convivência. Diz que homem que dá rosa pretende agradar a mulher, por sua vez sujeito que oferece orquídea confessa verdadeiramente sua paixão.
– Matamos a orquídea mais facilmente com o excesso de água do que pela falta. Assim é o casamento. Temos que deixar o outro respirar.
Enquanto me despeço, ainda é possível escutar o refrão de Obrigado, Patrão Velho. Com a leve brisa da porta aberta, as pétalas acenam ao fundo."
Publicado no jornal Zero Hora, p. 32, em 29/10/2011, Edição N° 16870

 

domingo, 16 de outubro de 2011

Fanatismo - Florbela Espanca


Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida
Meus olhos andam cegos de te ver!
Não es sequer razão do meu viver,
Pois que tu es já toda a minha vida!


Não vejo nada assim enlouquecida...
Passo no mundo , meu Amor, a ler
No misterioso livro do teu ser
A mesma história tantas vezes lida!


"Tudo no mundo é frágil, tudo passa..."
Quando me dizem isto, toda a graça
Duma boca divina fala em mim!

E, olhos postos em ti, digo de rastros:
"Ah! Podem voar mundos, morrer astros,
Que tu es como Deus: Princípio e Fim!..."


Florbela Espanca

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Para Quem Ama os Animais - Esquilos Apaixonados


É o Amooor!
Um ótimo final de semana, cheinho de amor para voces!
Bjs :)
Flor

111 um Número Intrigante!


É um mistério; ou não?
Este ano vamos experimentar quatro datas incomuns ....
1/1/11, 11/1/11, 1/11/11, 11/11/11


E tem mais!!!
Pegue os últimos 2 dígitos do ano em que você nasceu mais a
idade que você vai ter este ano e a sua soma será igual a
... ... ... ...
... 111. para todos!
Por exemplo:
Se você nasceu em 1981 e vai fazer 30 anos. Portanto: 81 + 30 = 111
Segundo o feng-shui, este é o ano do dinheiro!
Este ano, outubro terá 5 domingos, 5 segunda feira e 5 sábados.
Isto acontece uma vez a cada 823 anos.

Já na visão cabalística, o número 111 e as coincidências já citadas acima, significam  que “somos todos parte integrante do universo”.
A partir deste significado, a cabala acredita que teremos várias ocasiões facilitadoras de uma maior conscientização de nós mesmos, da nossa unidade com o cosmos, etc.
Tivemos inicialmente o primeiro dia do ano: 1-1-11, e teremos ainda o dia 11-11-11, onze de novembro próximo, data em que se acredita que haverá uma grande tempestade solar como a ocorrida em 11.1.11.
O dia 11-1-11 é associado com o Caminho do Guerreiro Pacífico de Millman. E tivemos nesse dia realmente uma tempestade incomum solar.
Dizem os místicos, os cabalistas e até mesmo os Espíritas _ que consideram que a Terra está em um momento de transição de planeta de provas e expiações para um planeta de regeneração_, que  ano atual, essa véspera de 2012, é o ano em que teremos que enfrentar e optar entre a Luz como símbolo do Esclarecimento Espiritual, e a Escuridão, ou seja, as conseqüências da ignorância e da ignomínia. 111 manifesta a energia primal do Cosmos da qual derivamos e evoluímos. Como dizem os acadêmicos ligados à Física Quântica: esse número seria o nexo de união entre a realidade quântica e a linear (em que existimos conscientemente), sendo, portanto a expressão da harmonia na relação com o todo. Que assim seja!

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Definição de filho por José Saramago

"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem.

 Isto mesmo ! Ser pai ou mãe é o maior ato de coragem que alguém pode ter, porque é se expor a todo tipo de dor, principalmente da incerteza de estar agindo corretamente e do medo de perder algo tão amado.

 Perder? Como?  Não é nosso, recordam-se? Foi apenas um empréstimo.

É a nossos filhos que pagamos a nossa dívida para com os nossos pais."

 

Autor Desconhecido

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Dia Mundial do Alzheimer - 21 de Setembro


'Diagnóstico precoce é fundamental


no tratamento do Alzheimer'


Segundo o neurologista André Gustavo Lima, a doença não tem um diagnóstico definitivo. O especialista afirma que os idosos devem começar a fazer exames periódicos com 65 anos, como o de sangue e de imagem.


Esta quarta-feira (21) é o Dia Mundial da Doença de Alzheimer. A data internacional mostra o peso que a doença tem e a importância de combatê-la. De acordo com a ONU, 75% dos doentes desconhecem que sofrem do mal. De acordo com André Gustavo Lima, neurologista da Academia Brasileira de Neurologia, a família é envolvida e sempre é a última a perceber: “Por causa do contato diário, a família não percebe que o esquecimento é um sintoma. Atualmente, não há um diagnóstico definitivo, apenas um diagnóstico de exclusão. É preciso excluir todas as outras doenças que causam o sintoma para poder afirmar que é Alzheimer”, explica.

O neurologista afirma que o diagnóstico precoce é fundamental no tratamento e que os idosos devem começar a fazer exames com 65 anos para descobrir se é possuidor da doença ou não. O paciente deve fazer um acompanhamento anual, exames de sangue e imagem para ver se está com atrofia de cérebro ou alguma carência que possa ser revertida: “Um esquecimento pequeno deve ser investigado. É possível ter algumas indicações com exames de imagem, como a diminuição do cérebro, que indica que o órgão está inativo”, diz André Gustavo Lima.



Fonte: Globo News

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Aquilo que já nos Pertence - Clarissa Pinkola Estes



















"Dizem que tudo o que buscamos, também nos busca e, se ficamos quietos, o que buscamos nos encontrará. É algo que leva muito tempo esperando por nós. Enquanto não chega, nada faças. Descanse. Tu verás o que acoontece enquanto isto."

in"Mulheres que Correm com os Lobos", Clarissa Pinkola Estés

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Coisas que se aprendem depois dos 40 - Artur da Távola

"Amor não se implora, não se pede, não se espera...
Amor se vive ou não.
Ciúmes é um sentimento inútil. Não torna ninguém fiel a você.
Animais são anjos disfarçados, mandados à terra por Deus para
mostrar ao homem o que é fidelidade.
Crianças aprendem com aquilo que você faz, não com o que você diz.
As pessoas que falam dos outros pra você, vão falar de você para os outros.
Perdoar e esquecer nos torna mais jovens.
Água é um santo remédio.
Deus inventou o choro para o homem não explodir.
Ausência de regras é uma regra que depende do bom senso.
Não existe comida ruim, existe comida mal temperada.
A criatividade caminha junto com a falta de grana.
Ser autêntico é a melhor e única forma de agradar.
Amigos de verdade nunca te abandonam.
O carinho é a melhor arma contra o ódio.
As diferenças tornam a vida mais bonita e colorida.
Há poesia em toda a criação divina.
Deus é o maior poeta de todos os tempos.
A música é a sobremesa da vida.
Acreditar, não faz de ninguém um tolo. Tolo é quem mente.
Filhos são presentes raros.
De tudo, o que fica é o seu nome e as lembranças a cerca de suas ações.
Obrigada, desculpa, por favor, são palavras mágicas, chaves que
abrem portas para uma vida melhor
O amor... Ah, o amor...
O amor quebra barreiras, une facções,
destrói preconceitos,
cura doenças...
Não há vida decente sem amor!
E é certo, quem ama, é muito amado.
E vive a vida mais alegremente..."
Artur da Távola

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Respirar, Simples Assim! - Goethe


“Duas graças

há no respirar:

inspirar o ar e dele se livrar.

Inspirar constrange,

expirar liberta.

Tão lindo é feito da vida uma mescla.

Agradece a Deus quando Ele te aperta,

e agradece de novo quando ele te liberta.”

Goethe

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Irretocável - Silvana Duboc


"Tenho cabelos vermelhos, pintados, para esconder os fios brancos.
Não me lembro exatamente em que ano eles começaram a branquear...
Tenho algumas rugas em volta dos olhos, também não me recordo quando elas começaram a aparecer. Tento disfarçá-las, tantas novidades no campo da dermatologia, achei por bem aproveitá-las.
Do corpo não cuido quase, só recentemente entrei para uma academia por ordem médica. Ele me disse que na minha idade preciso de exercícios. Mas falto mais do que vou, não gosto de fazer ginástica.
Das minhas unhas cuido semanalmente, penso que elas são uma porta de visita. Unhas maltratadas causam uma péssima impressão.
De uns dois anos pra cá descobri os cremes e aí compro um aqui, outro ali e no final não uso nenhum, mas compro, só de olhá-los na prateleira já percebo que as rugas se retraem.
Sou assim, vaidosa, mas não sou em excesso, penso que sou na medida certa, na medida correcta para uma mulher.
Enfim os anos passam e as marcas que eles deixam em nós, não temos como conter. Nem pretendo isso. Acho que cada marca que meu corpo carrega tem uma linda história.
Às vezes me pego na frente do espelho descobrindo uma nova ruguinha e já me coloco a pensar o que a causou. Depois reencontro com outra que já está lá vincada há anos e me recordo que ela apareceu quando perdi um grande amor.
Poderia enumerar também a história de cada fio de cabelo branco. Foram filhos, maridos, amigos que colocaram eles ali. Não quero me desfazer de nenhuma dessas marcas, apenas amenizá-las, acho que mereço isso. A vida me deve isso. Atualmente a parte que merece mais atenção minha tem sido a cabeça. Tento todos os dias colocá-la no lugar, equilibrá-la, alimentá-la com sonhos e alegrias.
Corpo e mente caminham juntos, se um estiver em estado lastimável o outro provavelmente vai se deteriorar.
Não escondo minha idade, não adiantaria falar que tenho trinta e cinco e apresentar uma filha de vinte e sete. Portanto eu confesso, tenho quarenta e oito anos. Metade deles, bem vividos, a outra metade muito sofridos. Mas é exatamente aí que está o encanto da minha idade.
Conheci de tudo um pouco, das lágrimas aos sorrisos e ambos me fizeram ser essa pessoa que sou hoje. Ficaram as rugas no rosto e na alma, mas também ficaram sorrisos em ambos. Minhas rugas mais bonitas são aquelas marcas de expressão que eu adquiri por tanto sorrir, muitas vezes, quando o coração chorava"
Silvana Duboc

Para Quem Ama os Animais - Mamãe Passarinha

Que bom poder estar debaixo das asinhas da mamãe!
Beijos

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

"Tanto por Fazer" de Tessy Callado & Maria do Rosário Nascimento e Silva



Para quem não sabe ainda o que fazer no feriado, vale a pena conferir a peça de teatro "Tanto por Fazer" de Tessy Callado e Maria do Rosário Nascimento e Silva. Este espetáculo é uma homenagem à nossa querida Maria do Rosário que se foi tão cedo, nos deixando saudades e presentes como este.
 Sinopse da Peça:

Amigas de infância e de início de adolescência, Eva e Maria conseguem manter a amizade através dos anos. Quando se reencontram, além de fazerem um balanço de tudo que viveram, ambas se defrontam com problemas graves da atualidade. Eva está com o pai à morte e Maria acaba de se separar. Num curto espaço de tempo, as duas são obrigadas a confrontarem duras verdades e revelações insuspeitadas. Tudo isso virá à tona de forma inesperada para ambas e também para quem as assiste. Uma vez feita esta reavaliação, elas poderão se preparar para desfrutarem da maturidade ou como querem alguns: a melhor idade.
Atores: Tessy Callado e Simone Franco
Direção: Carlos Cardoso
De 02 de Setembro à 09 de Outubro de 2011
Dias e Horários: Sextas e Sábados às 21h
Em Exibição: Sesc Rio Casa da Gávea

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

POEMA ¡QUÉ PENA! - Sor Cecília Codina



Recebi este belíssimo poema de autoria de Sor Cecília Codina, a própria autora, em audio. Embora tenha me emocionado muito ao ouvir sua bela e melodiosa voz, não sabia como transferir o audio para o blog. São os resquícios do meu recente analfabetismo digital...
Pedi então a querida amiga e poetiza que me enviasse o poema por escrito para que possa dividí-lo como voces. Aproveitem para visitar seu lindo e amoroso blog "Estoy a Tu Lado", vale a pena!
Beijos :)

 
POEMA  ¡QUÉ PENA!


¡Ay qué pena de amor tan grande!
que en mis entrañas de madre quedan
como hijos deseados que no llegan,
a ver la luz de la gracia en gloriosa carne.

Con vuestro cuerpo sangrante
me abristeis los ojos del alma,
para un día beber vuestra sangre
no en copa, sino en besos anhelante.

Vuestras caricias y besos de amante,
Me atraviesan tal como una espada,
Cuerpo, alma y en cualquier parte
Me dejan como tatuaje, su marca.

Vivir de amor es de tal suerte
Que quedo feliz, así desposada,
de mi Dios llevo el estandarte:
 La cruz, lagloria, esposa y madre.

Autoria :Sor.Cecilia Codina

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Rosto de Jesus




Recebi de um amigo por e-mail e repasso para vocês esse belíssimo trabalho feito à pena, com um único traço (começando pelo nariz!). É impressionante a habilidade deste artista. O registro dos direitos autorais consta como de 1884, mas infelizmente não consegui descobrir o nome do artista.
BeijosJ

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Fazer Escolhas


 
"Você faz suas escolhas, e suas escolhas fazem você."
Steve Beckman

Reflexões: Não trate! - Martin Grotjahn


Dia 27 de Agosto tambem é o dia dos Psicólogos.
Eu sei, gente, já passou!
Mas é que eu estava muito ocupada comemorando o aniversário do Florescendo (rss).
Na verdade, eu estava procurando um texto muito especial que recebi de uma professora ainda na faculdade. As palavras de Martin Grotjahn  me marcaram profundamente e, desde então, venho tentando exercitá-las em minha vida profissional. Foi através de Martin Grotjahn  que percebi que a maior função do psicólogo não é "empurrar" o paciente no caminho que ele (psicólogo) acredita ser o melhor. Sua função é respeitar cada ser humano como único e deixar que cada um encontre seu caminho pessoal para o equilíbrio emocional, apenas apoiando-o quando necessário.
Não reparem na tradução, pois foi feita por mim (o texto estava em ingles e não achei nenhuma tradução oficial na Internet).
Feliz Dia dos Psicólogos!
Espero que gostem do texto!

"Certa vez li alguém descrevendo como Charlie Chaplin costumava ensinar a arte de atuar para alguns jovens. Seguindo as instruções de Charlie para um exercício, um jovem pareceu realizar bem e de forma tranquila a tarefa proposta. Mas, repentinamente, Charlie saltou de sua cadeira em um canto do estúdio e gritou bem alto: "Não atue!" "Não atue!" Esta era quase sempre a sua única, mas freqüentemente repetida, mensagem para a classe. Fiquei impressionado.
 
Anos mais tarde, ouvi o Dr. Foulkes dizer em uma palestra sobre psicoterapia: "Não trate! Que não é esta a sua atribuição." Eu estava intrigado sobre o que ele queria dizer. Afinal, pensei, isso é o que meus pacientes esperam que eu faça e pelo o que sou pago para fazer.
 
Trabalhei com o que costumam chamar de "supervisão" para alunos ou psicoterapeutas iniciantes_ mas não por muito tempo. De acordo com as regras, eu teria que vê-los toda semana. Eu sempre estive muito ciente de que o terapeuta estudante é quem está face a face com o paciente, não eu. Assim sendo, que arrogância, que orgulho, assumir que eu sabia muito mais, do que o terapeuta do paciente! E, além de tudo, eu deveria fazer isso toda semana! Pensei. Não, eu não seria capaz de continuar sob nenhuma circunstância. Então parei.
 
Resolvi que deveria mudar a minha abordagem e disse: "Não venham a cada semana. Venham quando sentirem que precisam, quando quiserem falar sobre si mesmos e seus pacientes. Não vamos chamar esse nosso encontro de supervisão, mas de “consulta".
 
Agora sinto que temos vida em nossos encontros, o que meus jovens colegas costumam chamar de meu jeito "informal de ensinar". Eu não estava tentando ser "informal". Eu esperava, como ser humano, tentar entender o que os relatórios dos atendimentos ocorridos na faculdade, queriam nos dizer, nada mais. Os jovens interessados buscam saber muito, aprender muito, passam por testes e exames_ quando podem comprovar o que aprenderam _ então eu tenho que mostrar a eles que, tudo isso simplesmente não é o suficiente.
 
Muitas vezes eu ouvi a voz de Foulkes dizendo: "Não trate" Finalmente eu consegui dezê-lo para mim mesmo.
 
Aprender tudo, ler muito, tentar acompanhar tudo o que está acontecendo no meio profissional, tentar entender o outro, saber todas as respostas,  é importante. Mas é preciso perceber que tudo isso não é suficiente. Então esqueça tudo que você aprendeu (mantendo apenas algumas poucas regras básicas de ética na reserva). Seja livre, seja independente. Pense na teoria seja ela qual for, mas pense para si mesmo.
 
E só então você estará no caminho de se tornar um terapeuta dentro dos próximos 800 anos.

Olhem para as minhas magnólias. Eles não sabem como viver e nem eu, elas buscam se manter e eu tento mantê-las úmidas ou secas, na sombra ou no sol. Eu as alimento um pouco, uso fertilizante quando acho necessário. Eu posso retirar um caracol aqui ou uma lagarta acolá, para mantê-las bem no meu ou em qualquer jardim vizinho, mas acima de tudo, onde eu possa vê-las crescer. Aprendi que, mesmo que nada faça, elas florescem de qualquer forma, mais bonitas e abundantes do que nunca."

Martin Grotjahn